segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Pause


Pausa.
A vida pediu pausa.
Por um momento, por um tempo, por mim.
Pensamentos em turbilhão, emoções à flor da pele,
sentimentos confusos e revoltos,
paixões incertas, vorazes, fugazes. 
Parar o tempo, olhar de fora como se não fosse comigo.
Apreciar tudo que está à volta buscando encontrar os erros e acertos.
Pausa.
Fui respirar!
Volto já.


Minha postagem anterior a essa foi em 30 de junho. De lá pra cá muita coisa aconteceu. Eu volto pra contar.



3 comentários:

Liège disse...

Oi, Wagner.
Há momentos em que de fato precisamos de um tempo para respirar e colocar em ordem os pensamentos e sentimentos.
Espero que você fique bem!
Beijos.

Patrícia disse...

Não entendi, você estava tão bem a pouco tempo. Mas, concordo que precisamos de um tempo para colocar nossas ideias em ordem. Tire o tempo que precisar, mas volte totalmente refeito. Bjo grande.

Aline disse...

quando essa pausa acaba????
o silêncio, as vezes, é ensurdecedor.

saudades, amigo...